Arte, feminismo e psicanálise

Perdas indizíveis, Dores compartilhadas

Palestra sobre mulheres, seus espaços de criação e de elaboração. Como se elaboram as perdas? Com que tecidos e fios se elabora um luto? Como é possível elaborar uma perda tão impossível de nomear e dolorida quanto a perda de um filho?

Uma fala construída a partir do trabalho de Sonia Vasconcellos, da exposição A Espera, conversando com também com algumas obras da exposição EroEre Negras Conexões e Mulheres Inventadas.