Movimenta psicanálise

MOVIMENTA PSICANÁLISE #2 – COM PATRÍCIA LAGES – EXIBIDO EM 11/05/2020

Patrícia Lages é psicóloga e psicanalista, Especialista em Filosofia e Psicanálise pela UFPR, Mestre pela UFSC e autora do livro: Abuso sexual infantil através de gerações, pela editora Juruá.

Nessa segunda edição do programa Movimenta Psicanálise, a entrevista aborda um tema delicado, de interesse social e que, apesar de incômodo, é de extrema importância que seja colocado no discurso corrente: o abuso sexual infantil. Estão todos convidados a escutar!

# 1
Patrícia conta do seu percurso profissional e de como se deu o encontro com o tema do abuso sexual na clínica. Fala do entrecruzamento do campo jurídico com o campo psicanalítico, que marca seu cotidiano. Conta, também, como as narrativas que escutava nos atendimentos abriram uma questão, que se transmutou na sua pesquisa de mestrado, em que estudou a noção de “transmissão psíquica entre gerações” e o conceito de Repetição, além de revelar os autores da psicanálise que nortearam esse trabalho.


# 2
Nesse bloco, Patrícia explica os conceitos de “violência institucional” e “revitimização”, ressaltando a importância dos cuidados na abordagem das vítimas de violência sexual, do papel daquele que escuta e preparo dos profissionais no que diz respeito às questões técnicas. Também ressalta a contribuição que a psicanálise dá com sua ética particular.



# 3
No último bloco dessa entrevista o assunto é a noção de “descrédito” desenvolvida pelo psicanalista Sandor Firenczi. Que mensagem é passada para a criança vítima de abuso através daquele que a interroga? A abordagem do caso é dividida em momentos específicos, e é essencial que a realidade psíquica do sujeito possa ser escutada. Patrícia também fala das angústias que o trabalho suscita nos profissionais envolvidos e destaca que além do trabalho jurídico, um tratamento de saúde adequado, um acolhimento, possa ser ofertado aos envolvidos.